quarta-feira, 11 de março de 2009

Trabalho sobre Cooperativismo

Saudações!

No fim do ano passado (4º bimestre), realizei com duas turmas um trabalho envolvendo o tema "Cooperativismo" e a linguagem do Stop Motion.

Abaixo, os objetivos e o cronograma das atividades, que deram um resultado extremamente interessante.

PROJETO COOPERATIVISMO

Objetivo Geral:

 Refletir sobre a importância do cooperativismo na vida cotidiana, conhecendo seus valores e buscando meios de colocá-los em prática.

 Objetivos Específicos:

  • Refletir sobre o conceito de cooperativismo, conhecendo suas raízes históricas no mundo.
  • Conhecer os valores do cooperativismo, refletindo sobre como estes podem fazer parte de seu cotidiano.
  • Conhecer a técnica do Stop Motion, refletindo sobre as possibilidades de criação no tema proposto.
  • Pesquisar o recorte temático escolhido para seu vídeo, acrescentando novas idéias para a elaboração do vídeo.
  • Produzir as fotografias seqüenciais de seu vídeo, percebendo a importância da cooperação no processo de trabalho.
  • Finalizar o vídeo na técnica ensinada, inserindo trilha sonora e créditos.
  • Organizar o evento de estréia dos vídeos, prestigiando os trabalhos criados pelos colegas.

Metas:

Com a elaboração dessa proposta educativa espera-se que os alunos sejam capazes de:

 - Conhecer a origem do cooperativismo.

- Perceber a importância dos valores do cooperativismo para sua vida pessoal.

- Aprender a desenvolver a técnica do Stop Motion.

- Valorizar os trabalhos dos demais colegas, procurando agir cooperativamente durante todo o processo educativo.

 Conteúdo:

 Exemplos de Cooperativismo

A cooperação entre os seres humanos inicia na família, onde são fundamentais para a sobrevivência as relações entre o pai e a mãe, na função de suprir as necessidades básicas dentro e fora do lar, e dos filhos na obediência aos preceitos por eles estabelecidos. Desta maneira, todos alcançarão uma convivência agradável, podendo comunicar-se com segurança, usufruindo de direitos e cumprindo deveres.

Somente pela união o ser humano pode remover grandes obstáculos que se apresentam em suas jornadas. Sozinho, jamais o carreteiro poderia remover a grande pedra que surgiu em seu caminho.

Com a ajuda de seus semelhantes, unindo idéias e forças, a estrada do sucesso estará sempre livre para o ser humano.

Um grande exemplo de cooperação existente em Santa Catarina observa-se com a família na localidade de Bom Futuro, no município de Garuva. O casal e as famílias de seus filhos encontraram na ajuda mútua a forma de administrar uma propriedade que começou com 25 hectares e atualmente já conta com 80 hectares, o indispensável para que todos tenham uma convivência digna, segura e confortável. É uma autentica lição de cooperação.

 O que é Cooperar? Deriva etimologicamente da palavra latina “cooperari”, formada por “cum” (com) e “operari” (trabalhar), e significa agir simultaneamente ou coletivamente com outros para um mesmo fim, ou seja, trabalhar em comum para o êxito de um mesmo propósito.

 O que é Cooperação? Método de ação pelo qual os indivíduos ou famílias com interesses comuns constituem um empreendimento.  Neste, os direitos de todos são iguais e o resultado alcançado é repartido somente entre os integrantes, na proporção da participação societária nas atividades.

 O que é Cooperativismo? É uma doutrina, um sistema, um movimento ou simplesmente uma atitude ou disposição que considera as cooperativas como uma forma ideal de organização das atividades sócio-economicas da humanidade.

 

O que é Cooperativa? Cooperativa é uma associação de pessoas com interesses comuns, organizada economicamente e de forma democrática, com a participação livre de todos os que têm idênticas necessidades e interesses, com igualdades de deveres e direitos para a execução de quaisquer atividades, operações ou serviços.

As origens do Cooperativismo

Os povos antigos já praticavam a cooperação na luta pela sobrevivência.

Na Babilônia, No Egito e na Grécia já existiam formas de cooperação muito bem definidas nos campos de trigo, no artesanato e no sepultamento.

Quatrocentos anos antes de Cristo, na China, os mercadores freqüentemente sofriam prejuízos aos naufragarem nas águas do rio Yang-Tsé. Em busca de solução para o problema, organizavam-se em grupos de 10, levando cada barco uma caixa de mercadorias de cada um dos companheiros. Assim, quando ocorria um naufrágio, o prejuízo era dividido entre todos, evitando que o dono da embarcação e sua família sofressem privações durante muito tempo.

Uma das formas mais definidas de cooperação foi constatada no século XV, quando do descobrimento da América, onde foram encontradas as civilizações Asteca, Maia e Inca, vivendo um regime de verdadeira ajuda mútua. Regime este sustentado pela organização agrária, através do qual o rei mantinha soberania sobre a terra, repartindo-a entre os súditos para a exploração e usufruto, na modalidade de propriedade familiar, passando de pai para filho desde que fossem cumpridas algumas normas, tais como:

  • Divisão do resultado das colheitas, proporcional ao trabalho de cada um;
  • Reserva de uma parte como tributo ao rei e outra para sustento de crianças e dos idosos;
  • Construção coletiva de sistemas de irrigação a exemplo do que era feito no combate as pragas;
  • Obras de defesa e embelezamento nos locais a eles destinados;
  • Celebração coletiva de festas religiosas;
  • Adoção do costume de empréstimo de sementes, pelo grupo, para o próximo plantio, àquele que perdesse sua colheita.

Esses são exemplos antigos de como os seres humanos agiam cooperativamente uns com os outros, com objetivos em comum.

Essa foi se mostrando, ao longo da história, a melhor maneira de se obter objetivos para todos. A partir da segunda metade do 2º milênio começaram a surgir diversos exemplos de ação cooperativa, o que dura até os dias de hoje, pois o ser humano descobriu que agindo cooperativamente tem muito mais chances de obter sucesso do que sozinho.

Recursos necessários:

Para a elaboração do projeto será necessário:

Para as aulas explicativas: textos e imagens acerca da história do cooperativismo, multimídia, sala de vídeo.

Para as aulas práticas: papel A4 (aproximadamente 300 folhas), papel cartão nas cores: preto, branco, amarelo, vermelho, rosa e azul (duas folhas de cada cor); cartolina branca (10 unidades); dvd do filme “O estranho mundo de Jack”; cópias em xerox do roteiro de produção em stop motion (50 cópias); programa Windows movie maker compatível ao Linux; máquinas fotográficas (três); tripés para máquina fotográfica (três); sala informatizada.

Desenvolvimento:

 

v     1ª aula: Abordagem do histórico do cooperativismo e seus valores. Dinâmicas para fixação do conteúdo. (dinâmica do presente).

v     2ª aula: Apresentação de vídeos produzidos em Stop Motion. Reflexão sobre as etapas de produção. Assistir à animação “O estranho mundo de Jack” e debater questões técnicas do filme.

v     3ª aula: Pesquisa teórica para elaboração do roteiro do filme. As equipes deverão procurar nos livros de cooperativismo o recorte que desejam produzir em stop motion. Depois disso, eles receberão um roteiro que deverão preencher com a seqüência do filme quadro a quadro. Eles terão também que listar os materiais necessários para a aula seguinte.

v     4ª aula: Nessa etapa do trabalho, os alunos terão um tempo para montar seus cenários (que já deverá estar esquematizado) e começar a sessão de fotos. Se houver tempo hábil, é importante descarregar as máquinas em um computador.

v     5ª aula: Nessa aula, os alunos serão encaminhados para a sala informatizada, onde darão início ao processo do trabalho em que o filme será montado. Os passos serão seguidos em conjunto, havendo suporte para cada grupo em particular, de acordo com as dificuldades.

v     6ª aula: Diante da complexidade da elaboração do filme, os grupos terão ainda essa aula para finalizar seus trabalhos, acrescentando a trilha sonora desejada e os detalhes adicionais, como créditos e título.

v     7ª aula: Os momentos de apresentação serão divididos em quatro períodos de meia hora. A cada período, os grupos farão uma fala dos aprendizados sobre cooperativismo e sobre a técnica do stop motion, em seguida havendo a exibição dos vídeos produzidos.


Esse trabalho foi bastante aproveitado pelos alunos, que se interessaram pela técnica e também buscaram formas criativas de abordar o assunto estabelecido.

 

video

Nenhum comentário: